MINISTRO DO TURISMO MARCELO ÁLVARO ANTÔNIO PARTICIPA DA ABERTURA DA FENAMILHO INTERNACIONAL
27 de Abril de 2019
 MINISTRO DO TURISMO MARCELO ÁLVARO ANTÔNIO PARTICIPA DA ABERTURA DA FENAMILHO INTERNACIONAL
Ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio Foto: Fernando Gomes

 

Pela primeira vez na Região das Missões, o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio, participou dos atos de abertura da FENAMILHO Internacional, neste sábado pela manhã, no Parque de Exposições Siegfried Ritter, em Santo Ângelo. Em seu pronunciamento, o ministro destacou a potencialidades da multifeira na geração de riquezas para o Rio Grande do Sul e para o País. “A FENAMILHO Internacional é agregadora de segmentos e transforma Santo Ângelo em um centro comercial de negócios nas áreas do agro, do turismo, da cultura e da rica gastronomia”, disse.
Marcelo também destacou os investimentos do ministério em Santo Ângelo ao longo dos últimos anos para impulsionar o turismo e a cultura. “Eventos como a FENAMILHO, que promovem o turismo e a cultura, complementam estas duas atividades para o desenvolvimento no Brasil. Um espaço para visualização, divulgação e comercialização dos produtos turísticos”, concluiu.
Ele anunciou na abertura da feira, que participou da 22ª Reunião de Ministros do Turismo do Mercosul. No evento, realizado na província de Misiones, ele afirmou que o objetivo brasileiro é o fortalecer roteiros integrados com outros países, como é o caso da Rota dos Jesuítas.
“Vamos trabalhar nessa cooperação, de forma inteligente, para que a gente consiga, sobretudo, trazer os viajantes mais distantes para fazer rotas integradas, como a Rota Missões Jesuíticas, que será a segunda maior do mundo, só atrás de Santiago de Compostella”, no noroeste de Espanha, defendeu o ministro.
O roteiro, que abrange cidades no Brasil, Argentina, no Paraguai e Uruguai, é baseado no percurso feito pelos padres jesuítas na América do Sul. No chamado “Caminho das Missões”, inspirado no espanhol Caminho de Santiago de Compostela, todo o trajeto será feito a pé e poderá ser percorrido em aproximadamente um mês pelos turistas. “É um produto único do MERCOSUL, congregando os 30 povos missioneiros e as Missões será imensamente beneficiada com este pacote”, destacou Marcelo Álvaro Antônio.

 

Por Izabél Cristina Ribas

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Santo Ângelo

Mais notícias