PONTE PORTO XAVIER/SAN JAVIER: AMM MOBILIZOU IMPRENSA E AUTORIDADES ARGENTINAS
23 de Janeiro de 2018

Intendentes da Provincia de Misiones uniram forças com a comitiva missioneira junto ao governo argentino

Mais um passo foi dado rumo a viabilização da ponte Porto Xavier/San Javier, na terça-feira (23/1). Representantes da Comissão Regional Pró-Ponte Porto Xavier/San Javier, estiveram reunidos em Posadas/AR, no Palácio do Governo, com o vice-governador da Provincia de Misiones, Oscar Herera, uma vez que o governador Hugo Passalacqua está em viagem com o presidente da Argentina, Mauricio Macri.

Também estavam presentes o ministro de Governo, Marcelo Perez, o ministro chefe de Gabinete, Ricardo Pischjk, o deputado nacional de Misiones, Ricardo Welboch, e os intendentes de San Javier, Enio Lemes; Santa Ana, Pablo Castro; Concepcion, Carlos Pernigoti; Leandro N. Alem, Diego Sartori; de Apostoles, Mario Vialey e o secretário de Governo de San Javier, Cristian Nuñez.

OBJETIVOS
O encontro, agendado pela AMM, foi norteado por três objetivos: informar oficialmente às autoridades argentinas a conquista dos recursos por emenda impositiva, destinados as obras da Ponte; buscar o apoio das lideranças da província de Misiones, e solicitar a intervenção do governador Hugo Passalcqua, por meio do governador em exercício, Oscar Herera, junto aos Ministérios Federais, em Buenos Aires, dos Transportes, das Relações Exteriores e do Interior.

COMITIVA DA AMM
Da região das Missões, Rio Grande do Sul, Brasil, participaram o presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antonio Sartori; o vice-presidente da AMM e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto; o presidente da Comissão Regional Pró Ponte e prefeito de Porto Xavier, Vilmar Kaiser; o interlocutor da AMM e secretário de Desenvolvimento, Turismo e Mercosul de Porto Xavier, Ovídio Kaiser, e o diretor do Detur/Funmissões e prefeito de São Nicolau, Ricardo Klein, que integram a Comissão Regional. O secretário Executivo do Detur, Marcos Mattos, acompanhou a comitiva missioneira.

RESULTADOS
Conforme foi tratado na reunião, Herera e também o deputado Welboch, deverão ser os interlocutores da região das Missões junto ao governo de Buenos Aires. Na avaliação de Brasil Antonio Sartori, as expectativas da comitiva da AMM foram correspondidas. “Saio deste encontro com a convicção de que o governo da Provincia de Misiones vai trabalhar com esmero, no intuito de fechar o acordo internacional para a execução da obra da ponte”, evidenciou Sartori.

Ele acrescentou que a presença dos intendentes foi mais uma demonstração de que a Argentina está junto com a região das Missões, nesta luta pela ponte Porto Xavier/San Javier. “Prova disso foi o banner exposto no encontro, assim como a maqueti da ponte em San Javier”, ressaltou o dirigente da AMM.

Segundo Ovidio Kaiser, Oscar Herera deixou bem claro que as ações de governo serão providenciadas. “Estou convencido de que demos um passo gigantesco para que haja mais envolvimento da Argentina. A partir de agora será articulada uma reunião em Buenos Aires, com a participação de um porta-voz do presidente Michel Temer”, contextualizou Kaiser, referindo-se a próxima etapa dos trabalhos.

Presidente da Comissão Regional Pró Ponte, Vilmar Kaiser também manifestou entusiasmo quanto ao resultado da audiência. “Nossa expectativa de que o governo de Misiones iria aderir ao nosso pleito foi correspondida. Com certeza, o encontro binacional em Buenos Aires vai oficializar as ações que já foram autorizadas por vídeo conferência entre governos do Brasil e Argentina. Em especial, o projeto da ponte”, pontuou.

REPERCUSSÃO INTERNACIONAL
Assim que chegou ao local da reunião, em Posadas, a delegação missioneira, que estava sendo aguardada por mais de dez grandes veículos de comunicação da Argentina, concedeu entrevistas sobre a repercussão em torno da conquista inédita dos recursos por emenda impositiva de bancada, e demais tratativas em torno da mobilização pela ponte Porto Xavier/San Javier.

IDENTIDADE MISSIONEIRA
Outro fator positivo para a região das Missões que foi abordado na reunião pelo vice-governador, Oscar Herera “é a união dos povos pela mesma história, pela mesma identidade missioneira”. Com este enfoque, o diretor do Detur, Ricardo Klein, salientou a importância da integração dos 30 Povos da Ruta Jesuítica Internacional, envolvendo Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolívia. “A ponte, além de expandir a economia, possibilitará maior fluxo de turistas em nossa região, fomentando o potencial turístico dos 26 municípios missioneiros”, exaltou Klein.

UNIDOS PELA PONTE
De acordo com o vice-presidente da AMM, Paulo Peixoto, pela primeira vez se tem uma rubrica aberta, um valor de emenda de bancada do governo brasileiro para que seja construída esta obra da ponte internacional. Peixoto, que deverá assumir a presidência da AMM em março deste ano, destacou que dará seguimento ao trabalho que vem sendo desenvolvido por Brasil Antonio Sartori, principalmente nas tratativas da ponte.

“A Associação dos Municípios das Missões está totalmente unida, independente de sigla partidária, lutando pela consolidação de projetos tão grandiosos como a ponte Porto Xavier/San Javier, que tantos benefícios trará à população missioneira", frisou Paulo.

VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES
Sartori, que desde o início de sua gestão frente à diretoria da AMM sempre atuou em conjunto com Paulo Peixoto, disse estar tranqüilo por saber que todas as reivindicações da Associação, especialmente a ponte em Porto Xavier, serão defendidas pela próxima diretoria com o mesmo empenho e comprometimento.

“Vamos seguir trabalhando pela ponte e divulgando nossas ações, sempre primando pela veracidade das informações”, garantiu Brasil Antonio Sartori, ao reafirmar: “a confiança da população e a mobilização do colegiado de prefeitos missioneiros, são a força política da AMM”.

Por Karin Schmidt

Fonte: Assessoria Imprensa

Mais notícias