AMM SEGUE TRABALHANDO PELA PONTE PORTO XAVIER/SAN JAVIER
19 de Janeiro de 2018
 AMM SEGUE TRABALHANDO PELA PONTE PORTO XAVIER/SAN JAVIER
Reunião em San Javier/AR

Desde a conquista dos recursos de emenda impositiva de bancada em Brasília, no mês de outubro passado, os membros da Comissão Regional Pró-Ponte Porto Xavier/San Javier seguem mobilizados e trabalhando em várias frentes de atuação, com vistas a consolidação do anteprojeto da Ponte. 

“Neste sentido, importantes ações vêm sendo desenvolvidas junto às autoridades federais e estaduais brasileiras e argentinas”, evidenciou o presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antonio Sartori. 

AVANÇOS E TRATATIVAS

Conforme relatou o prefeito de Porto Xavier, Vilmar Kaiser, que preside a Comissão Regional Pró-Ponte, recentemente em Brasília a Comissão Mista Argentina Brasil, integrada por representantes do governo de ambos os países, se reuniu por videoconferência. Entre outras ações deliberadas na ocasião, além da aprovação oficial do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA), também foi autorizada à delegação brasileira o avanço com o projeto da Ponte Porto Xavier/San Javier.

 Em Porto Alegre, vêm sendo realizadas freqüentes reuniões de trabalho com a equipe técnica do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e especialistas da área. Quem tem participado é o coordenador do projeto e interlocutor designado pela AMM, Ovídio Kaiser. “A pauta destes encontros tem sido sobre o anteprojeto, que irá definir o local mais apropriado de  localização e dimensões da ponte (comprimento x largura x altura x profundidade), bem como os acessos, Centro de Fronteira e licenciamento ambiental junto ao Ibama, que está em tratativas”, explicou Ovídio Kaiser.

 Ovídio, que é secretário de Desenvolvimento, Turismo e Mercosul de Porto Xavier, acrescentou que durante reunião informal com o Ministro Chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Carlos Marun, entregou a ele, em nome da AMM, um dossiê sobre a obra demonstrando sua importância no cenário regional, estadual, nacional e internacional. “O ministro acolheu com muito interesse nosso pedido e se comprometeu a acelerar os trâmites burocráticos entre Brasília e Buenos Aires”, relatou Ovídio Kaiser.

 REFORÇO DO EMPRESARIADO

Membro da Comissão Regional Pró-Ponte Porto Xavier/San Javier, o empresário de Cerro Largo, Eleonor Becker, reiterou seu apoio às tratativas para viabilizar a construção do empreendimento binacional. “Somos parceiros da AMM, pois, de alguma forma todos nós, comerciantes e empresários, seremos beneficiados com a ponte. Com certeza aumentará, significativamente, o número de turistas e investidores não somente nas Missões, como também nas regiões Noroeste e Alto Uruguai”, contextualizou o empresário missioneiro.

 Becker fez questão de fomentar que outras grandes empresas, de acordo com suas possibilidades financeiras, também se unam a esta luta e invistam na instalação da ponte Porto Xavier/San Javier. “Juntos, setor público e privado são mais fortes. De acordo com a minha disponibilidade de agenda, sempre estarei acompanhando e apoiando a Comissão Regional Pró-Ponte Porto Xavier/San Javier, em audiências com autoridades brasileiras e argentinas”, afirmou Eleonor Becker.

 ARGENTINA

No gabinete do intendente de San Javier/AR, Ênio Lemes, presidente da Comissão Regional na Argentina, no início deste mês ocorreu uma reunião de caráter local com as presenças do prefeito Vilmar Kaiser; secretário Ovídio Kaiser; vereador Paulo Zilli de Porto Xavier; do secretário de Integración y assuntos Internacionales, Hugo Gomes; secretário de Governo, Cristian Nuñez; Matias Oliveira, Edgardo Ferreira, Caio Schmegel, de San Javier, entre outros participantes.

De acordo com Vilmar Kaiser, no encontro foi aprovada a apresentação de um estudo alternativo, em nome de Porto Xavier (BR) e San Javier (AR), para a localização da Ponte por meio do anteprojeto, que seja mais viável economicamente e mais favorável para ambas as localidades. “Isso constará de uma ata devidamente firmada pelas lideranças, que será apresentada pela AMM ao Dnit e aos demais órgãos intervenientes no processo”, destacou Vilmar.

Ainda sobre o que ficou acertado na reunião, as autoridades de San Javier farão uma ampla mobilização quanto ao processo em curso, já que se trata de uma obra binacional e que deve estar em consonância com a legislação daquele país.

"Outras tratativas e ações estão em andamento, por isso, seguiremos trabalhando unidos pela consolidação da Ponte Porto Xavier/San Javier, sempre contando com o apoio da bancada federal gaúcha", concluiu Kaiser

 

Por Karin Schmidt

Fonte: Assessoria de Imprensa

Mais notícias