MISSÕES: UMA TERRA ABENÇOADA PELA HISTÓRIA
20 de Novembro de 2017

Este foi um dos destaques da abertura do Seminário Internacional de História, Educação e Turismo da região das Missões, que contou com a participação dos municípios da AMM

Integrando a programação da 17ª Trilha dos Santos Mártires, na tarde de sexta-feira (17/11) foi realizada com absoluto êxito, a abertura oficial do 1º Seminário Internacional de História, Educação e Turismo da Região das Missões – Um Novo Olhar sobre o Pioneirismo Jesuítico-Guarani: O Caso Caaró, que encerrou no sábado (18).

O evento, que lotou a sede da Associação dos Funcionários da Cermissões (Afucer) em Caibaté, reuniu trilheiros, professores, alunos, historiadores, prefeitos, secretários municipais, vereadores, imprensa e comunidade em geral. Logo no início, crianças da Escola Municipal de Educação Infantil Moranguinho, encantaram o público com uma belíssima encenação teatral. De igual maneira, foi a apresentação do secretário de Cultura, Esporte e Turismo de Mato Queimado, Augusto Baumgratz, que tocou e cantou, com maestria, o Hino Rio-Grandense.

CORAÇÃO DAS MISSÕES
Prefeito anfitrião, Amauri Pires da Silva agradeceu a presença dos trilheiros, idealizadores, organizadores, em especial a secretária municipal de Educação, Cultura e Turismo, professora Ângela Hartmann e equipe, apoiadores, prefeitos e a todos os participantes, salientando que este será o primeiro de muitos seminários com temas que resgatam a história dos nossos antepassados. “Valorizar a história é fortalecer no presente as raízes para o futuro. A partir de hoje, com a presença de todos vocês, passa a ter um novo olhar o pioneirismo onde desponta o Caaró, orgulho de todos os missioneiros, principalmente do povo de Caibaté, a cidade Coração das Missões e referência internacional em turismo religioso”, orgulhou-se o prefeito.

APROPRIAÇÃO DO CONHECIMENTO
Para o presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Brasil Antonio Sartori, o Seminário vem ao encontro dos interesses econômicos e sociais da região. “E também dos interesses íntimos, pois é o patrimônio material se encontrando com o patrimônio imaterial. Este evento é emocionante. Estão de parabéns organizadores e idealizadores desta iniciativa, que busca a apropriação do conhecimento e destaca ainda mais o momento especial que vive a região missioneira”, elogiou Sartori, que é prefeito de Entre-Ijuís. Vale ressaltar, que Brasil Antonio Sartori foi aplaudido pelas autoridades e convidados, como uma forma de homenageá-lo por sua expressiva atuação no comando da AMM/Funmissões.

AMM NA TRILHA
Acompanhado por outros caminhantes, o vice-presidente da AMM e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto, reiterou a grandiosidade do 1º Seminário Internacional de História, Educação e Turismo da Região das Missões, ao relatar sua emoção em fazer todo o percurso da caminhada da 17ª Trilha dos Santos Mártires, que iniciou dia 12 em São Nicolau (no Passo do Padre) e findou no último domingo (19) na Romaria do Caaró. “Tomei a decisão de fazer esta Trilha para vivenciar de uma forma diferente e muito especial, a história, a cultura e a espiritualidade missioneira. Recomendo aos colegas prefeitos e a quem mais puder percorrer este mesmo caminho dos nossos antepassados”, sugeriu Peixoto, ressaltando que também o diretor do Departamento de Turismo (Detur) da Funmissões, Ricardo Klein fez parte do trecho, de São Nicolau até Assunção do Ijuí, em Roque Gonzales.

O vice-prefeito de Caibaté, Daniel Herter, os prefeitos de Mato Queimado, Orlando Thomas e de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, também prestigiaram a solenidade de abertura, muito bem conduzida pelo coordenador de comunicação da Cermissões, Valdir Velozo.

FÉ, EMOÇÃO E INTEGRAÇÃO
Esta foi a definição do presidente da Associação da Trilha dos Santos Mártires, Edison Lisboa ao expressar a representatividade da primeira edição do Seminário. “Me sinto feliz e agradecido a todos que acreditaram neste evento. Somos em 16 trilheiros e nosso destino final é a Romaria do Caaró no domingo, mas estarmos aqui hoje, neste espaço lotado da Cermissões, significa a coroação da 17ª Trilha dos Santos Mártires das Missões”, comemorou Lisboa.

TURISMO RELIGIOSO
Sergio Venturini, um dos coordenadores do evento, explanou que desde a criação da Trilha dos Santos Mártires a proposta é de divulgar essa valorosa história, evidenciando o apoio da AMM/Funmissões. “O poder público realmente assumiu a importância da história e da cultura missioneira. Temos um produto de turismo religioso: o Santuário do Caaró – Terra abençoada dos Santos Mártires das Missões, que tem o reconhecimento internacional deste grande feito dos jesuítas e dos guaranis”, enfatizou Venturini, idealizador da Trilha.

Professor da Universidade Federal de Santa Maria, Julio Quevedo explicou que um dos principais objetivos do Seminário, realizado na terra sagrada dos Santos Mártires, foi debater aspectos de uma história construída ao longo dos séculos. “Por isso, não podemos deixar de reconhecer a importância dos professores e historiadores, a partir do novo olhar desta terra abençoada pela história”, contextualizou Quevedo.

A coordenação do 1º Seminário Internacional de História, Educação e Turismo da Região das Missões – Um Novo Olhar sobre o Pioneirismo Jesuítico-Guarani: O Caso Caaró, que ocorreu nos dias 17 e 18/11, foi da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Programa de Pós Graduação em História e Programa de Mestrado Profissional em Patrimônio Cultural. A realização e organização contou com a participação da Associação Amigos da Trilha dos Santos Mártires das Missões, Secretaria Municipal de Educação, Prefeitura Municipal e Câmara Municipal de Vereadores de Caibaté, da Cermissões e outros apoiadores. 

Veja mais fotos na página da AMM  nofacebook

Por Karin Schmidt

Fonte: Assessoria de Imprensa

Mais notícias